Fortes chuvas deixam a cidade em estado de alerta

Por Jornal de Navegantes 12/01/2018 - 09:31 hs
Foto: Hugo Quintana/JN
Fortes chuvas deixam a cidade em estado de alerta
Alagamento. Casas foram invadidas pela água no Gravatá

O grande volume de chuvas fortes que iniciaram na noite de quarta-feira, 10, e adentraram a madrugada do dia seguinte, deixaram Navegantes em estado de alerta. Conforme o secretário Municipal de Segurança e responsável pela Defesa Civil, Johnny Coelho, praticamente todo o município foi afetado. Cerca de 130 ruas foram danificadas e cadastradas para realizar os reparos necessários. A Defesa Civil faz o levantamento e fornece lona para as casas que foram destelhadas.

Ainda segundo o secretário, foi registrado o maior volume de água, com 137,94 mm de precipitação pluviométrica nas últimas 24 horas, sendo que entre as 2 e 4 horas da madrugada foram registrados 113,23 mm. Em apenas duas horas, choveu mais que o previsto para todo o mês de janeiro. “A previsão para janeiro era de 90 milímetros”, destaca.

Ontem à tarde, houve uma reunião na secretaria de segurança para fazer um levantamento, com intuito de aprimorar ainda mais o serviço nessas ocasiões. Cerca de 100 casas sofreram com alagamentos de até 15 centímetros. As águas baixaram conforme a chuva diminuiu. Em três residências foram registrados destelhamentos.

O bairro Gravatá foi o mais afetado. “Um isopor entupiu a drenagem”, conta o morador Hugo Aresse Quintana que sofreu com o alagamento em casa. Meia Praia, Centro e Pedreiras também tiveram mais registros.

Na opinião da moradora Kelly Cunha, falta limpeza na rede pluvial, especialmente no bairro Meia Praia. “Foi muita água, não tem tubulação que aguente”, contesta Coelho. Parte da cabeceira da galeria no Centro, na antiga Fuman, caiu devido a força das águas. A Defesa Civil e a Secretaria de Segurança de Navegantes estiveram reunidas, na tarde dessa quinta-feira (11), para deixar organizadas as equipes que estarão de plantão a partir dessa noite para atender as famílias e eventuais emergências em caso da forte chuva volte a provocar estragos. O telefone de plantão da Defesa Civil é o (47) 9 99294297, falar com Johnny Coelho - Secretário de Segurança.