Projeto foi reprovado por 5 votos na câmara

Por Jornal de Navegantes 12/01/2018 - 09:27 hs
Foto: Divulgação/JN
Projeto foi reprovado por 5 votos na câmara
Praia. Criação de fundo para manutenção da orla foi reprovada

Projeto de lei que tinha por objetivo a criação de um fundo específico para a manutenção e recuperação da orla de Navegantes foi reprovado na câmara. Segundo informações da Prefeitura, no fundo, seriam depositados os valores correspondentes aos alvarás de ambulantes e de estabelecimentos que venceram as licitações para abrir pontos comerciais na praia durante a temporada.

O projeto já havia dado entrada em 2017, mas foi votado apenas agora, na quarta-feira, 10, durante sessão extraordinária. Mesmo com a defesa do projeto feita por parte do vereador Marcos Paulo da Silva (PSDB), o projeto foi rejeitado por 5 votos a 4. Foram contrários os vereadores Cirino Adolfo Cabral Neto (PMDB), Jassanan Ramos (PMDB), Murilo Cordeiro (PT), Paulo Rodrigo Melzi (PSD) e Samuel Paganelli (PSDB).

 

O Jornal de Navegantes conseguiu contato com três dos quatro vereadores contrários à proposta. Segundo o vereador Paulo Melzi, ele não conseguiu fazer uma análise do projeto mais minuciosa. “Não falaram como o recurso seria gerenciado e não queremos que seja usado de forma incorreta”, explica. Já Cirino ressalta sobre o projeto não informar os motivos para a criação do fundo. “Não vimos necessidade de mais um fundo, sendo que já existem secretarias responsáveis por isso”, conta. Por fim, Murilo Cordeiro opinou que o projeto foi mal esclarecido e que a oposição ficou desconfortável em votar a favor.