Cinco mortes entre natal e ano novo no município

Por Jornal de Navegantes 05/01/2018 - 10:39 hs
Foto: Divulgação/JN
Cinco mortes entre natal e ano novo no município
São Paulo. Série de homicídios iniciou com dois mortos em casa azul no bairro São Paulo

No período em que o Jornal de Navegantes estava de recesso, entre os dias 22 de dezembro e 1º de janeiro, foram registrados cinco homicídios na cidade. O mais recente ocorreu na terça-feira, 2, à tarde, nas proximidades do aeroporto.

Rafael dos Santos Vieira, que completaria 28 anos ontem (4), foi alvejado por arma de fogo e conduzido ao hospital. Ele teria sido atingido por disparos do passageiro de uma moto Titan, na Rua Lauro Ladislau Rodrigues. Ele faleceu no hospital com várias perfurações no rosto, tronco e membros. Na bermuda da vítima, foram encontradas dez munições de arma de fogo calibre 38. Os autores não foram localizados e Rafael morreu no hospital. Ele tinha 15 boletins de ocorrência contra ele por tráfico de drogas, ameaça, lesão corporal e porte ilegal de arma de fogo.

Na véspera de natal, 23 horas do dia 24 de dezembro, um duplo homicídio aconteceu no bairro São Paulo, na área de invasão. Jefferson Cechelero, 35, e Adriano José Francisco, 34, foram encontrados mortos dentro de uma residência. Enquanto a PM estava no local, tiros foram disparados contra as viaturas. Cechelero tinha passagem por lesão corporal contra mulher, em 2015. O corpo foi levado para Curitiba-PR. Adriano, por sua vez, era conhecido como Paulista e tinha cerca de 20 passagens, entre ameaça, furto e invasão. O corpo foi enterrado no cemitério de Machados, no dia 26.

Na noite do dia 29, nova morte no bairro São Paulo. O corpo de Patrick Neves Rodrigues, 22, foi encontrado ao lado de um Corsa vermelho, com placas de Itajaí, vítima de tiros. O carro foi abordado por uma moto com duas pessoas. A dupla mandou o passageiro do Corsa correr, enquanto atiraram contra o motorista, Patrick. Os autores não foram identificados.

Já no dia seguinte, por volta das 14 horas, mais um homicídio foi atendido no Centro. Leonardo Santos Mariano, 18, levou seis tiros no rosto. Perto do corpo foi localizado um projetil calibre 38. Com a vítima foi encontrado um torrão de 3 gramas de maconha e um baseado. Como nos dois crimes ocorridos nos dias 29 de dezembro e 4 de janeiro, testemunhas informaram terem ouvido um barulho de uma moto no momento dos disparos. Ninguém foi preso até o fechamento desta edição. A Polícia Civil investiga os casos e se há ligação entre as mortes.